sábado, 23 de fevereiro de 2019

Que pneus usar na sua viatura


Algumas pessoas desvalorizam os pneus que colocam no automóvel, mas a verdade é que os pneus são um dos elementos mais importantes na segurança do seu veículo. Ficam algumas dicas em como escolhe-los.
A escolha dos pneus adequados a cada veículo deve corresponder às medidas e dimensões indicadas no Documento Único. O diâmetro do pneu mais a jante podem ter variações no de máximo 5% e há fórmulas para calcular essas adaptações.


Photo E-konomista

Como fazer pequenas reparaçoes na pintura do seu automovel




É aconselhável respeitar as indicações do fabricante. Há indicações sobre as dimensões de pneus e jantes apropriadas a cada viatura. Há todo um equilíbrio entre chassis, estrutura do carro e potência que deve ser respeitado.
O pneu deve ter o índice de velocidade adequado à potência do veículo. Por exemplo, não se pode montar pneus com índice de velocidade T (até 190 km/h) em carros que possam atingir os 250 km/h.
Desde 2012, todos os pneus exibem uma etiqueta, onde se indica a classificação do mesmo de acordo com três parâmetros:
Eficiência Energética, calculada com base na resistência ao rolamento, isto é, o maior ou menor atrito do pneu com o solo, com influência direta no consumo de combustível, apresentando uma classificação de A a G (do melhor para o pior);




Distância de Travagem em Molhado que à semelhança do anterior, é também classificado com o mesmo critério de A a G:
Ruído Externo do Rolamento, distingue-se por três ondas onde 1 onda é mínimo e a 3, máximo ruido.
Mas há outras características a ter em conta:
Durabilidade do pneu: um pneu de longa duração é melhor por ser mais económico.
Aderência nas curvas: é nas curvas que se dão 25% dos acidentes, pelo que este é um fator importante nas características do pneu.
Comportamento em solo seco: tal como o ponto anterior, é um fator importante, atendendo a que 70% dos sinistros ocorrem em solo seco.


Os pneus são o único ponto de contacto da viatura com o solo. Por isso, a sua qualidade é fundamental. Poupe nas jantes, nos acessórios, etc., mas não poupe nos pneus.
Opte pelo melhor adequado às características da sua viatura, que devem ser de marcas conceituadas e novos. Comprar pneus em segunda mão, não é a melhor solução, esse tipo de poupança pode resultar em despesas maiores, e além de durarem menos, é difícil saber qual o seu verdadeiro estado no interior.
 Se o seu maior entrave à compra do melhor pneu para o seu carro é o preço, aproveite as campanhas. Alem disso os preços podem variar muito de revendedor para revendedor. Por isso, quando necessitar de substituí-los, faça uma consulta aos vários vendedores.


Photo Youtube

A importância de mudar o óleo do motor e que tipo de óleo deve usar


Por fim, é aconselhável, utilizar a mesma marca nas quatro rodas. É permitido ter pneus diferentes nos eixos traseiros e dianteiros, mas como os pneus são diferentes o comportamento também é, por isso deve-se usar pneus.




Fonte//VolanteSic



Sem comentários:

Enviar um comentário

Cuidados a ter para um relvado saudavel

Ter um relvado bem cuidado e bonito é muito agradável, mas não dispensa certos cuidados para se manter denso, verde. É preciso alimentá-lo...

Mais visitados