sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Quando devo trocar os pneus do meu automóvel?

Existem algumas variedades de pneus, com opções que variam entre os ideais para lama, areia, terrenos rochosos, economia de combustível e desempenho para o asfalto. É essencial ter certos cuidados com os pneus, tanto ao mante-los como na hora e trocá-los. Os pneus são um dos itens mais importantes no automóvel, já que são os únicos pontos de contato do carro com o solo, e se estiverem em más condições, podem causar acidentes.


Photo Pixabay

Como fazer um repelente de agua para para-brisas


Pressão dos pneus


Não deixe de ler o manual do proprietário para saber qual é a calibragem ideal para os pneus do seu carro. Lá, está descrita a pressão adequada para situações em que o carro está vazio ou mais carregado de peso. Se o pneu roda cheio demais, pode estragar prematuramente os amortecedores, a caixa de direção e até comprometer a aderência. Se estiver demasiado vazio, aumentará o desgaste dos pneus e o consumo de combustível, com risco maior de sofrer furos.

Rotação dos pneus


Entre 5 mil km e 10 mil km de uso, deve fazer a rotação dos pneus ou seja troca dos pneus dianteiros pelos traseiros, sempre acompanhado do alinhamento e da calibragem. Os pneus instalados nas rodas motrizes desgastam-se mais, principalmente em carros com tração dianteira, uma vez que eles reúnem a tração, a direção e a maior concentração de peso num só eixo.


Photo Pixabay


Quando deve substituir os amortecedores do seu automóvel


Alinhamento da direção e calibragem


O alinhamento da direção tem o objetivo de fazer os pneus rodar sem desgastes prematuros. Por fim a calibragem, que não é mais que a equilibragem dos pneus, evitando trepidações. Portanto, não deixe de fazer alinhamento e calibragem ao trocar os pneus do carro.

Que pneus devo comprar


Para evitar problemas de aderência nas mais variadas condições convém não utilizar de marcas diferentes no mesmo eixo. Pneus baratos normalmente têm menos aderência e podem ter um desgaste prematuro. Além disso, os sulcos dos pneus têm determinadas características que se destinam ás diversas funções, pelo que colocar pneus com piso diferente tornará o carro mais inseguro e provocará maior desgaste.

 Quando devo trocar os pneus


No piso dos pneus existe um ressalto nos sulcos que é o indicador de troca. Chamado de indicador TWI, quando esse ressalto fica ao mesmo nível da superfície de contato do pneu, indica que tem que trocar os pneus.
Esse ressalto indica que os pneus atingiram 1,6 mm de borracha e como os sulcos têm pouca profundidade dificulta a saída da água e pode provocar aquaplanagem, além de que, a partir desse ressalto, a borracha é mais dura, logo, menos aderente.

Photo Pixabay

Quando e como mudar o óleo dos travões


Bolhas nos pneus


As bolhas nos pneus, normalmente são causadas por quedas em buracos nas vias ou impactos nos passeios, causado o rebentamento da lona. Isso faz que com que o ar pressione a borracha para fora, criando essa protuberância. Também pode acontecer se os talões forem danificados durante o processo de montagem dos pneus.
Sem aviso prévio, elas podem aumentar de tamanho e se romper a qualquer momento, o que leva a uma perda de pressão repentina aumentando assim o risco de acidente.


Quais os 5 fluidos essenciais no seu carro e como verifica-los







Sem comentários:

Publicar um comentário