terça-feira, 8 de outubro de 2019

Seis conservantes naturais que pode usar diariamente

Numa altura em que todos procuram um estilo de vida saudável são poucos os produtos e os alimentos que não são tidos como preocupantes para a saúde. Claro está que isso implica também os modos de confeção e conservação daquilo que ingerimos. Por isso mesmo, muitas são as pessoas que procuram cada vez mais substituir os conservantes artificiais dos alimentos por conservantes naturais e menos prejudiciais.




Photo Pixabay/CSU-Extension

Como plantar limão para perfumar a casa



Já deve ter verificado, ao verificar os rótulos, a existência de conservantes químicos e potencialmente perigosos para a sua saúde. Mas existem alguns conservantes naturais, fáceis de conseguir, e que podem conservar os seus alimentos de forma totalmente natural.

Seis conservantes naturais que pode substituir os artificiais.




Photo Pixabay/pixel2013

Limão

Não deve parecer estranho que o limão faça parte da lista de conservantes naturais. Afinal, já deve ter ouvido aquela dica que diz que umas gotas do sumo desta fruta impedem a oxidação e o apodrecimento de alimentos como a maçã. Rico em pectina e ácido ascórbico, o limão tem propriedades antioxidantes e antibacterianas, o que permite prolongar o prazo de validade de alguns alimentos. A longevidade dos vegetais, da fruta fresca e das compotas é muito beneficiada pelo sumo do limão.



Photo Pixabay/stevepb

Mel

Esta é mais uma das razões para ter um frasco de mel em casa. De facto, o mel é usado como conservante natural desde a antiguidade. As grandes quantidades de açúcar presentes neste alimento desidratam as células dos microrganismos que podem danificar a comida, como as bactérias, e impede a deterioração. Tem também propriedades antibióticas que impedem o crescimento de organismos nocivos.



Photo Pixabay/gate74

Como plantar limão para perfumar a casa


Ervas aromáticas

Algumas ervas aromáticas, como os orégãos, o tomilho, o alecrim e o rosmaninho, são ótimas para a boa conservação dos seus alimentos. Como são ricas em antioxidantes, previnem o aparecimento de bactérias, o que as torna uma ótima opção para conservar vegetais e carne.



Photo Pixabay/PublicDomainPictures

Alho

Alem do agradável sabor conferido aos cozinhados e os inúmeros benefícios para a saúde, o alho é também um excelente conservante. Tem uma ação poderosa na destruição de bactérias como a salmonela e a E.coli. De facto, de acordo com alguns estudos, o alho consegue conservar carne à temperatura ambiente, durante 4 dias, sem que esta apresente sinais de deterioração.



Photo Rádio Regional


Sal

O sal é provavelmente o mais conhecido conservante dos alimentos. Antes da era dos frigoríficos, a conservação dos alimentos, sobretudo carne e peixe, era feita com recurso ao sal. O sal, através de um processo chamado osmose, consegue absorver toda a água dos microrganismos, tornando assim impossível o seu desenvolvimento e a sua sobrevivência.



Photo Pixabay/Hans

Vinagre

O vinagre tem muitas utilidades, e uma delas é a conservação dos alimentos. A elevada concentração de ácido acético, impede o aparecimento de bactérias. A maior prova disso são os vegetais em pickles que são conservados em frascos cheios de vinagre.

Cultive 8 ervas aromáticas na sua cozinha


Oito usos surpreendentes para o vinho                       




Fonte//E-konomista






Sem comentários:

Publicar um comentário