domingo, 12 de julho de 2020

Como fazer inseticida com sabão azul e branco


As pragas são uma das principais preocupações para quem gosta de ter as plantas bonitas e saudáveis. Ás vezes são os parasitas animais ou as doenças que dificultam a vida às plantas, outras são as condições de crescimento adversas. Hoje vamos aprender a fazer um inseticida natural à base de sabão azul para afastar as pragas de insetos das suas plantas.


Pragas-de-insetos
Photo//jornalmetamorfoseuergs

Como acabar com as ervas daninhas sem recorrer a quimicos


Há muitos anos que os sabões são usados para controlar as pragas de insetos. Ao ser aplicado sobre os insetos  irá incidir sobre a camada cerosa, destruindo-a. Para além de ser uma solução bastante eficaz no combate às pragas de insetos, é barata, simples de fazer e pode usá-la sempre que necessite.

Este inseticida natural é também  mais sustentável uma vez que não deixa resíduos prejudiciais e devido à sua ação seletiva, não prejudicam os insetos benéficos. Pode usar este inseticida especialmente em afídios (piolhos e pulgões), moscas brancas, ácaros e cochonilhas. A principal ação deste inseticida natural ocorre devido a ação na camada cerosa que serve de proteção, danificando-a e impedindo a respiração. Os insetos acabam por morrer por asfixia.



Como fazer o inseticida com sabão azul e branco

 Receita para 5 litros de inseticida

-5 litros de água
-100 gr de sabão azul e branco
Caso compre o sabão em barra, deve dilui-lo.
Para tal, coloque a quantidade de sabão que referi anteriormente em água morna,  mexendo sempre até estar completamente diluído.  Depois de diluído, junte a restante quantidade de água até perfazer os 5 litros.
Pode também optar por ralar o sabão pois dessa forma diluir-se-á mais facilmente.

Conselhos que deve ter em atenção antes de aplicar o inseticida natural


Antes de aplicar este ou qualquer inseticida natural é fundamental que faça um teste numa parte da planta para avaliar os efeitos e para ter a certeza que não causará efeitos adversos nas suas culturas. Preferencialmente, deve aplicar este inseticida sustentável na parte da manhã, evitando aplicá-lo quando as temperaturas estão demasiado altas ou quando está demasiado vento.
Este tipo de aplicações podem ser realizadas em qualquer fase do desenvolvimento da planta.  Deve também ter em consideração que não existe um intervalo de segurança entre a aplicação do inseticida natural e o consumo das plantas onde este foi aplicado.


Como fazer adubo caseiro, e deixar as plantas saudáveis



Fonte//A Cientista Agricola


Sem comentários:

Publicar um comentário